16 temperos que substituem o sal na cozinha

16 temperos que substituem o sal na cozinha foto

O excesso de sódio faz mal à saúde e por isso ele acaba sendo vilão para aqueles que desejam manter uma alimentação equilibrada.

Portanto, apesar de o sal ter seus benefícios, é importante que você consiga diminuir a quantidade ingerida durante o dia a fim de evitar problemas de saúde causados pelo excesso de sódio.

Dicas de como diminuir o sódio nas refeições

 

Veja aqui os temperos que podem ser utilizados para dar mais sabor às refeições e ainda reduzir ou até eliminar o sal.

1.  Alho

alhoO alho possui ação hipotensora, vasodilatadora e sudorífera. Esse tempero também estimula funções respiratórias, reduz a taxa de colesterol total e triglicerídeo no sangue e elimina toxinas e bactérias patogênicas.

 

2.  Cebola

cebolaA cebola realça o sabor dos alimentos e também melhora a circulação sanguínea, previne o envelhecimento das artérias e é rica em potássio, que ajuda no controle da pressão arterial.

Ela também funciona como aliada no combate a problemas respiratórios e ainda combina com quase todos os tipos de pratos.

 

3. Gengibre

gengibreO gengibre tem ação digestiva, diurética, antitrombótica, antidepressiva, antisséptica. Ele funciona como estimulante da circulação geral e cardiovascular.

Pode ser usado na preparação de sucos, mas também para dar sabor a caldos, sopas e cozidos, sendo descartado no final do cozimento.

 

4. Pimenta

pimentaA pimenta ajuda na redução do colesterol no sangue, melhora o sistema imunológico, auxilia na digestão, na eliminação de bactérias nocivas ao organismo e na circulação sanguínea.

Ela deve ser utilizada com moderação por pessoas hipertensas, devido ao seu efeito termogênico e de contração dos músculos ao redor dos vasos sanguíneos.

Dependendo do tipo da pimenta, esse tempero pode ser utilizado em aves, frutos do mar, carnes, molhos, pratos baianos, entre outros.

 

5.Limão

limaoAlém do suco, o limão é um excelente tempero para saladas e peixe.

Ele aumenta as defesas do organismo, facilita a digestão, regula a absorção de açucares, pela presença de fibras solúveis.

O limão também é fonte de potássio, que auxilia no controle da pressão arterial.

 

6. Louro

louroCaldinhos de feijão, sopa de legumes e carnes recheadas ficam com um sabor todo especial quando acrescentamos duas ou três folhinhas de louro.

Além de perfumar, os chás das folhas de louro proporcionam alívio contra gases”, ensina a nutricionista.

 

7. Coentro

coentroO coentro melhora a digestão e previne flatulências.

Ele também é fonte de magnésio, que ajuda no bom funcionamento do sistema nervoso central e fortalece os ossos, além de ser fonte de vitaminas A, C e do complexo B.

Segundo Cintia Azeredo, nutricionista da Vita Check-Up Center, o ideal é que o coentro seja acrescentado apenas na finalização dos pratos, já que o calor interfere no paladar.

 

8. Hortelã

hortelaA hortelã deixa qualquer comida ainda mais cheirosa, mas, além do aroma, esse tempero natural tem ação analgésica, estimulante, antioxidante, expectorante.

Ela previne problemas bucais e ainda ajuda na digestão, aliviando problemas estomacais e intestinais.

A folha da hortelã pode ser utilizada em chás, sucos, feijões, batata, berinjela e cordeiro.

 

9. Manjericão

manjericaoO manjericão melhora o fluxo sanguíneo, prevenindo a hipertensão arterial.

Ele possui também ação antioxidante e anti-inflamatória.

O manjericão pode ser utilizado em molhos para massas, sopa de legumes, tomates, carnes, frangos e peixes.

 

10. Açafrão

acafraoEstá faltando uma corzinha no seu prato? Invista no açafrão.

Além de proporcionar um sabor agradável, deixa o prato mais colorido, com tom amarelado.

Muito usado na culinária Mediterrânea, o condimento tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatória que melhoram a digestão.

 

11. Alecrim

alecrimO alecrim apresenta ação antioxidante, anti-inflamatória e antibacteriana.

Ele auxilia no combate à bactéria Helicobacter Pylori, uma das responsáveis por úlceras gástrica e duodenal.

Ele também atua no sistema digestório, aumentando a produção de enzimas digestivas e vai bem com molhos, ensopados, tomates e carnes.

 

12. Salsinha

SalsinhaA salsinha deixa os pratos mais coloridos e alegres, mas também tem ação digestiva, combate cólicas menstruais e ainda é indicado para infecções urinárias e problemas renais.

Esse tempero é rico em antioxidantes e possui ação anti-inflamatória.

A salsinha vai bem nos legumes, assados, sopas, massas, carnes e frango.

 

13. Sálvia

salviaEsta erva é usada como condimento e como planta medicinal por sua ação anti-inflamatória e por ser estimulante da digestão.

Indicada nos casos de falta de apetite, edema, afecções da boca, afta, tosse e bronquite.

Fica ótima com massas e aves. A sálvia pode ser usada tanto em pó como as folhas inteiras.

 

14. Estragão

estragaoApesar de não ser muito conhecido, pode ser facilmente encontrado nas lojas de temperos ou até em supermercados.

Suas folhinhas são parecidas com erva-doce.

Experimentar estragão vai garantir um sabor novo, levemente adocicado, à comida, além de aliviar a cólica menstrual e auxiliar na digestão.

 

15. Orégano

oreganoÉ um tempero forte, por isso, o segredo é colocar apenas uma pitadinha, combinada outros ingredientes.

As folhas de orégano fresco dão ainda mais aroma ao prato.

 

 

16. Tomilho

tomilhoEsta erva é muito versátil porque pode ser usada em praticamente tudo na cozinha. Sem contar que é bom para aliviar distúrbios intestinais e prevenir inflamações.

Além de muito saborosa, a plantinha é também muito bonita com suas folhas verdes em formato de coração e pequenas florzinhas.

Por isso, além de usá-la como tempero, vale também investir na decoração do prato.

 

 

Você também está tentando diminuir a quantidade de sal nas refeições? Já tentou utilizar algum desses temperos? Não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários!

COMPTARTILHAR

Deixe sua opinião