Você já deve ter sentido suas reservas de otimismo e boas vibrações esgotarem ao passar determinado tempo convivendo com algumas pessoas.

Pois bem, você estava lidando com vampiros emocionais.

Os vampiros emocionais são indivíduos que tendem a enfraquecer o nosso estado emocional, são pessoas que emanam sentimentos ruins como pessimismo, egoísmo, narcisismo, imaturidade, falta de empatia.

Estes vampiros emocionais são responsáveis por nos fazer sentir deprimidos, com raiva o tempo todo, nos fazem desistir de nossos sonhos, nos atrapalham com as nossas conquistas, sugam nossa alegria, complicam as coisas em nossa cabeça, nos fazem sentir desanimados.

6 tipos de Vampiros emocionais

Afastar-se dessas pessoas é primordial para que você consiga ter dias felizes, de bom rendimento, com conquistas, ou cheios de paz e tranquilidade.

Para isso, é importante que você saiba identificar quem são essas pessoas:

 

1. A pessoa exigente,  o “do contra”

6 tipos de Vampiros emocionais - o do contra imagem

São vampiros emocionais que possuem uma personalidade exigente, são pessoas que contrariam tudo o que você faz ou diz e se encarrega de apontar quais foram as suas falhas. Você nota que está sempre sendo bombardeado de críticas e mais críticas, independente do que seja.

Seu objetivo é fazer com que você se sinta inferior a ele.

Este tipo de vampiro emocional é tão intransigente que acaba sendo irritante e pode levá-lo a um estado emocional terrível. Tenha cuidado para não se infectar e começar a criticá-lo também!

 

2. O pessimista

6 tipos de Vampiros emocionais - o pessimista imagem

Os pessimistas sempre veem a vida com o copo meio vazio, tudo lhe parece negativo e por mais que você tente, parece impossível tentar convencê-lo do contrário.

Conviver muitos com essas pessoas pode fazer com que você se convença com a forma de enxergar o mundo de alguém pessimista e acabe adotando os mesmos pensamentos e posturas negativas, sem esperanças de melhoras.

 

3. O catastrófico

6 tipos de Vampiros emocionais - Catastrofico imagem

Os pessimistas parecem pessoas bacanas perto dos catastróficos, que levam pessimismo ao extremo. Para eles, qualquer fato ou situação leva a uma escala apocalíptica.

Essas pessoas normalmente gostam de falar sobre os desastres que acontecem ou então de desastres que assumem que irão acontecer.

Este tipo de vampiro emocional acredita firmemente que a vida se resume a enfrentar uma longa lista de perigos iminentes e infortúnios. Se você tiver a infelicidade de conviver com alguém assim, vai logo perceber que se sente exausto com frequência e, na pior das hipóteses, pode começar a incorporar algumas de suas paranóias.

 

4. O vitimista

6 tipos de Vampiros emocionais - O vitimista foto

A pessoa vitimista sempre encontra razões para se queixar e se fazer de vítima, além de não parar de reclamar sobre tudo o que acontece, independente das coisas estarem indo bem ou mal.

É difícil encontrar apoio emocional para uma pessoa vitimista. Ela tem uma visão extremamente egoísta e sempre vai achar que os problemas dela são muito mais importantes do que o seu.

Você vai perceber que ao lidar com essas pessoas, elas exigem que você as escute e que demonstre compaixão, mas raramente se mostrarão  abertas a te ouvir. Com o tempo você se sentirá desgastado e desvalorizado.

 

5. A pessoa agressiva

6 tipos de Vampiros emocionais - Pessoa Agressiva foto

São pessoas que agem violentamente sem motivo. Para acender sua fúria, basta você dizer ou fazer algo que não lhes parece bom como, por exemplo, um gesto mal interpretado ou por um comentário fora de contexto.

Suas reações são desproporcionais e você precisa tomar cuidado com o que diz. É claro que conviver com uma pessoa que o obriga a calcular milimetricamente tudo o que você faz ou diz não é positivo para a sua saúde mental, e em pouco tempo de conversa você se sentirá exausto.

 

6. A pessoa sarcástica

6 tipos de Vampiros emocionais - Pessoa sarcastica foto

Este vampiro emocional é especialmente irritante. Ela adora jogar venenos e ironias para você, e se mascara dizendo que foi uma “simples brincadeira”.

Muitas vezes os achamos engraçados e espirituosos, mas devemos nos atentar que estes ultrapassam o limite do respeito e muitas vezes são pessoas cruéis.

Conviver com essas pessoas pode acabar com a sua auto estima, além de ser cansativo, já que você espera ao menor escorregão uma bomba de sarcasmo e ironia cairá sobre você.

 

Como lidar com os vampiros emocionais

Essas pessoas elas sabem escapar através de justificativas e pretextos para demonstrar o seu ponto de vista e ”provar” para os outros como é bom.

Há dois elementos que vão te fazer sentir sugado por estes vampiros, o tempo e a proximidade. Quanto mais próxima a relação que você tiver com os vampiros emocionais, mais eles irão lhe causar efeitos nocivos.

Saiba que a grande maioria deles não tem conhecimento de que estão causando esses efeitos nas pessoas ao seu redor. Portanto, fazem sem perceber pois usam isso como mecanismo de defesa fruto de algum tipo de trauma.

Acho que acima de tudo temos que ser auto críticos e tentar perceber se estamos machucando alguém, e se estivermos, devemos mudar essa realidade.

Agora se você tem contato com um vampiro emocional, cabe a você analisar se este merece ou não uma segunda chance, pois nada é desculpa para irrelevar o dano que causam em você.

Em alguns casos, uma conversa sincera pode surtir efeito e consertar a situação. Em outros casos, a melhor solução é se distanciar deles.

E você, o que achou? Também já conviveu com esse tipo de pessoa? Deixe seu comentário!

Deixe sua opinião