A importância da Vitamina D para a sua saúde!

O que é a Vitamina D, Benefícios, O que acontece quando há deficiência de vitamina D, Onde encontrar, Será que estou com deficiência de vitamina D?

2
1011
A importancia da Vitamina D para a sua saúde foto

Diferente das outras vitaminas, a Vitamina D funciona como um hormônio, e todas as células do corpo tem um receptor para ela.

A Vitamina D é extremamente importante para o corpo humano, pois ela é essencial para a execução de mais de 85 funções já definidas, além da ativação de mais de 2000 genes importantes.

Em suma, é uma vitamina essencial para a vida. Porém infelizmente os níveis de deficiência são altíssimos, assim como os sintomas relacionados.

É exatamente por isso que iremos explicar o que é essa vitamina, seus benefícios, e te ajudar a identificar se você possui algum sintoma de deficiência e o que fazer para nunca passar por isso.

Índice de conteúdo

 

O que é a Vitamina D

A vitamina D é um hormônio esteroide lipossolúvel. Ela é essencial para o corpo humano e sua ausência pode causar diversos problemas para a saúde.

A principal tarefa da vitamina D é controlar a quantidade de cálcio no sangue, desta forma, quando a quantidade de cálcio está baixa no sangue, a vitamina D tem o papel de retirar o cálcio dos ossos e levar para o sangue.

No geral, ela é responsável por fortalecer ossos e dentes e também de promover o melhor funcionamento de todo o organismo, atuando no sistema imune, no coração e até o cérebro.

Veja quais são seus benefícios:

 

Benefícios da vitamina D

Fortalecimento os ossos

Fortalece os ossosA vitamina D é necessária para a absorção do cálcio pelos ossos. Quando você está com deficiência da vitamina, você aproveita 30% menos de cálcio proveniente da dieta, e a deficiência do cálcio pode causar o raquitismo na infância e a osteoporose na vida adulta.

 

Cuida da saúde do coração

coracaoA vitamina D tem um papel fundamental para a saúde do coração já que ela participa do controle das contrações do músculo cardíaco, necessárias para bombear o sangue para o corpo.

Além disso, ela influencia na produção do principal hormônio que regula a pressão arterial, a renina, já que permite o relaxamento dos vasos sanguíneo.

Outro fator importante é que a falta da vitamina D aumenta o risco de formação de placas, já que pode levar ao acúmulo de cálcio na artéria.

 

Importante para uma gravidez segura

Gravidez seguraA falta de vitamina D em uma gravidez pode aumentar o risco de aborto no primeiro trimestre de gestação. Por isso a vitamina D é tão importante para gestantes, ela irá proteger o sistema imunológico e diminuir a chance disso acontecer.

Outro problema que a deficiência da vitamina D pode causar é a pré-eclâmpsia, doença na qual a gestante desenvolve a hipertensão. Isso acontece porque a vitamina D influencia na produção da renina, principal hormônio regulador da pressão arterial.

Outro risco está relacionado no aumento das chances da criança ser autista, já que a vitamina D é importante para o desenvolvimento do cérebro do bebê.

 

Preveni e controla o diabetes

Boa para prevenir e controlar o diabetesA falta do hormônio renina pode favorecer o desenvolvimento do diabetes. Portanto a vitamina D ajuda a prevenir a doença já que influencia diretamente na produção de renina. Além disso, a produção de insulina pelo pâncreas requer a participação da vitamina D.

 

Influencia a força muscular

Boa para os músculosA vitamina D contribui para a força muscular, desta forma, quando há falta de vitamina D os riscos de quedas e fraturas aumentam. Uma pesquisa feita pela Universidade de Zurique com pessoas acima de 65 anos observou que o consumo de vitamina D pode diminuir o risco de quedas em 19%.

 

O que acontece quando há falta de vitamina D?

A falta Vitamina D é bastante comum. Estima-se que cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo têm baixos níveis de vitamina D no sangue de acordo com um artigo publicado em 2014 pela Universidade de Oxford, e isto considerando os baixos índices considerados “suficientes” pelas medições oficiais.

A ingestão diária recomendada oficial é geralmente em torno de 400-800 UI, mas os grandes especialistas são unânimes em afirmar que precisamos de maior quantidade.

Então basicamente, a deficiência da vitamina D pode causar:

  • Fraturas;
  • Depressão;
  • Problemas de memória e raciocínio;
  • Demora na cicatrização;
  • Queda de cabelo, principalmente entre as mulheres;
  • Dores musculares e a perda de força nos músculos.

Existem também alguns fatores de risco comuns para a deficiência de vitamina D, dos quais você deve se atentar:

  • Ter a pele escura e não passar um tempo bom sob o sol.
  • Estar acima do peso ou obeso.
  • Viver longe do equador, onde há pouco de sol durante o ano.
  • Sempre usar protetor solar quando sair (sim, protetor solar interfere na síntese de Vitamina D).
  • Pessoas que evitam o sol, possuem alergia a derivados de leite e vegetarianos.
  • Passar a maior parte do tempo dentro de ambientes fechados.

Importante: De acordo com um estudo de 2011, feito pela Slippery Rock University of Pennsylvania, 41,6% dos adultos nos EUA são deficientes em vitamina D. Este número sobe para 69,2% em hispânicos e 82,1% em afro-americanos. Ou seja: quanto mais escura a pele, mais tempo de sol é necessário.

 

Onde encontrar vitamina D e como consumir

A vitamina D não é produzida em nosso organismo, e sua maior fonte é nada mais nada menos que: o sol! O sol prove cerca de 80% a 90% de vitamina D que o corpo recebe.

O corpo produz a Vitamina D a partir do colesterol, quando a pele é exposta à luz solar, convertendo o colesterol na tão importante vitamina. Isso mesmo: sem colesterol não há Vitamina D, mais uma prova e que o colesterol não é um inimigo da saúde.

Passar protetor nos protege contra os raios UV, porém assim não absorvemos muita vitamina D. O ideal é passar um protetor com grau de proteção médio, como o de 15fps. 15 a 20min do sol por dia bastam para conseguirmos a quantidade necessária do dia, expondo principalmente braços e pernas.

A vitamina D, apesar de ser difícil de ser encontrada através da alimentação, pode ser encontrada na sardinha, atum, salmão, gema de ovo e leite.

 

Será que estou com deficiência de vitamina D?

A maioria das pessoas não percebe a deficiência, uma vez que os sintomas são geralmente sutis. Você pode não percebê-los facilmente, mas estar alerta para os mesmos pode te ajudar a evitar pagar o alto preço cobrado por uma deficiência de Vitamina D3.

Os principais sintomas são:

  • Se você tem sentido dores ósseas ou musculares, fraqueza, cansaço, desânimo;
  • Se você fica doente ou contrai infecções com frequência.

Se você apresenta algum sintoma, fale com seu médico.

Para saber se você tem ou não deficiência da vitamina, basta fazer um exame simples de sangue. No caso de deficiência, você pode fazer uma suplementação.

Felizmente, uma deficiência de vitamina D é geralmente fácil de corrigir. Você pode aumentar sua exposição ao sol ou simplesmente tomar um suplemento.

A Vitamina D3 tem sinergia com a Vitamina K2, razão pela qual sugere-se que ambas sejam tomadas juntas.

É IMPORTANTE ANTES DE TENTAR FAZER UMA SUPLEMENTAÇÃO SOZINHO SABER SE REALMENTE TEM DEFICIÊNCIA EM VITAMINA D, POIS SEU CONSUMO EXAGERADO TAMBÉM PODE CAUSAR MALEFÍCIOS.

 

No fim das contas, tome seu solzinho regularmente que você dificilmente terá com que se preocupar. De qualquer forma, sempre mantenha seus exames em dia.

O que achou? Sua opinião é muito importante para nós! Não se esqueça de deixar seu comentário.

Não perca essa postagem, salve este pin:

pin

2 COMENTÁRIOS

Deixe sua opinião!